Marca Maxmeio

Página inicial » Notícias
27 de janeiro de 2017

América estreia com vitória na Copa do Nordeste

O América de Natal começou bem na Copa do Nordeste. Jogando em casa, na Arena das Dunas, o Mecão venceu o Botafogo-PB por 3 a 1 na noite desta quinta-feira e agora lidera o Grupo E ao lado do Vitória, que venceu o Sergipe pelo mesmo placar. Já o time paraibano, com isso, segue com o tabu de não vencer em estreias de Nordestão desde 1998.

Os gols dos donos da casa foram marcados por Michel Benhami, Tony e Marcos Júnior. Raphael Luz descontou para os botaguenses, que chegaram a ter momentos de domínio na partida, mas viu o Alvirrubro ser mais decisivo, sabendo aproveitar melhor as chances que criou.

América-RN e Botafogo-PB voltam a campo pela Copa do Nordeste apenas daqui a uma semana e meia. O Mecão vai até Aracajú, onde enfrenta o Sergipe no Batistão no dia 4 de fevereiro (um sábado). No dia seguinte, o Belo recebe o Vitória no Almeidão, em João Pessoa. Antes disso, os dois times voltam suas atenções para os estaduais, já no próximo domingo. Pelo Potiguar, o Alvirrubro joga contra o Globo FC e, pelo Paraibano, o Alvinegro encara o Serrano-PB.

Aí começou a segunda parte, que durou até os 26 minutos, quando o Botafogo-PB empatou. Nesse segundo momento do primeiro tempo, o Belo foi melhorando devagar e, aos poucos, assumiu o controle da partida. Insistindo nas cobranças de falta na área, o time paraibano foi ganhando terreno e quase empatou quando Rafael Oliveira saiu na cara do goleiro Vinicius. O atacante tentou duas vezes, mas, sem ângulo, não conseguiu empatar.

O empate só saiu mesmo aos 26, quando, em cobrança de falta, a bola foi levantada na área do América-RN e Gustavo Henrique tocou de cabeça para Raphael Luz. Antes de a bola encontrar o meia alvinegro, Paulão furou feio e aí o camisa 17 do Belo ficou livre para completar e igualar o placar. Daí até o final do primeiro tempo, só deu América-RN. Pareceu até que o domínio do Botafogo-PB durante 21 minutos se deu apenas porque os donos da casa decidiram recuar. Fato é que o Mecão voltou ao ataque.

E desempatou o jogo apenas cinco minutos mais tarde, aos 31. Dija Baiano passou para Tony na entrada da área e, mesmo cercado pelos defensores alvinegros, o atacante girou e chutou rasteiro, vencendo o goleiro Michel Alves, fazendo 2 a 1 para o América-RN, que controlou o jogo até o fim da primeira etapa.Os dois times voltaram para os 45 minutos finais com mais disposição e acabaram fazendo um jogo mais movimentado, com mais oportunidades de gol.

O Botafogo-PB precisava ir para cima, em busca do empate, e chegou perto aos 14 minutos, quando Rafael Oliveira chutou prensado com a defesa e a bola beijou a trave direita do goleiro Vinicius. No rebote, Diogo Campo ainda teve a chance, mas mandou para fora. E, no minuto seguinte, novamente Rafael Oliveira chegou perto. Ele recebeu de Marcinho, ajeitou no peito e bateu forte, forçando Vinicius a fazer uma excelente defesa. O Belo insistia, e Vinicius precisou intervir de novo quando Plínio cabeceou bem após cruzamento de Luiz Paulo. Mas o América-RN também levou perigo. Jean Patrick aproveitou cruzamento de Michel Cury e, de cabeça, mandou para o gol.

A bola passou raspando a trave de Michel Alves, que ficou estático no lance. Mas era o time paraibano que chegava com mais perigo. Queria o empate. Ia para cima. Pressionava. Só que o Mecão foi letal aos 39 minutos. De muito longe, Marcos Júnior soltou a bomba de perna direita. A bola ainda quicou sutilmente à frente de Michel Alves, antes de se aconchegar no fundo da rede. Era o terceiro dos donos da casa. Uma esfriada nos botafoguenses, que não conseguiram mais se recuperar em campo até o fim do jogo, que acabou mesmo em 3 a 1 para os donos da casa.

Com informaçoes GE